Pular para o conteúdo principal

A Didática do Professor Ruim

Lêem e reflitam! Conseguem identificar?


Por Prof. Inácio Feitosa
O professor ruim está em toda parte. Com certeza estará lendo esse artigo e já começa a se preocupar com o que vem adiante. Não se preocupe! Ao final, você saberá o que não fazer na sua próxima aula. Prometo! Entretanto, pior do que um professor ruim, somente vários professores ruins em uma mesma turma. Esse assunto é tão importante que o MEC deveria exigir das instituições de ensino que colocassem nas salas dos professores: "O MEC ADVERTE: PROFESSOR RUIM É PREJUDICIAL À FORMAÇÃO DO EDUCANDO!"Vou focar minha análise na educação superior, mas muitos conceitos a seguir aplicam-se a educação básica também. Mas, nas faculdades, nos centros universitários e universidades, essa praga é maior, pois a LDB/1996 não exige dos docentes uma formação prévia para o exercício da docência. Entende-se que, possuindo cursos de pós-graduação, o sujeito pode ser professor.É verdade que os programas de pós-graduação stricto senso, em sua maioria, não introduzem a disciplina de didática do ensino superior em sua estrutura curricular. Raras exceções nos cursos de educação. Por isso, cursos como direito, administração, engenharias, e os de saúde possuem profissionais do ensino sem uma formação docente específica. Desconhecem as noções básicas de didática, chegam a uma sala de aula acreditando que poderão ser içados à condição de docentes.Um professor ruim ignora o que venha a ser didática. Sendo esta a "arte de ensinar", é preciso que o candidato à docência no ensino superior tenha mínima noção dessa importante ciência. Devendo buscar sua formação em cursos de especialização, mestrados e doutorados que apresentem tais conteúdos em seus projetos curriculares. Ou, pelo menos, a leitura de livros sobre o tema.Lamentavelmente, existem docentes que entram em sala de aula sem elaborar um plano de ensino da disciplina; um plano de aula e principalmente sem esclarecer aos seus alunos os conteúdos da disciplina que irão ministrar. Os objetivos da disciplina não são repassados, pois não tinham atentado para essa questão. A bibliografia a ser utilizada em sala de aula não reflete a realidade de seu curso, pois muitas vezes sequer participam das reuniões do departamento por acreditar que não somará nada à sua atividade (ou não dispõem de tempo suficiente para participar das sessões). Desconhece a realidade de seu curso e de sua instituição. E ainda indicam livros, que não solicitaram ao seu coordenador e, que não constam na biblioteca de sua faculdade, trazendo dores de cabeça para a instituição.O professor ruim não possui critérios para a avaliação dos alunos. Para ele avaliar é a fase mais divertida de sua aventura acadêmica, posto que terá um instrumento para intimidar seus alunos e, assim, confia que poderá "controlá-los". E quem sabe até ser homenageado na colação de grau, pois poderá flexibilizar suas exigências. Tornando-se "bonzinho". O "bom professor ruim" (desculpem a contradição, mas é verdade) acredita ser o centro das atenções em sala de aula. Foca suas energias no ensino, desprezando a aprendizagem. Não é inovador e não desperta em seu público o interesse pela matéria. Suas aulas são monótonas, cansativas, não havendo interação com a turma. Renovando esse perfil a cada semestre. E o pior: ainda chega atrasado à aula e a termina antes do tempo previsto.O professor ruim transforma-se em um replicador de leituras. Leu em casa e passa para os alunos no outro dia. Esquece que a geração orkut chega à aula com milhares de mega bits de informações. A arrogância e a criação de barreiras na relação com o alunado fazem parte de sua personalidade. Evidencia maior que o docente está despreparado para exercer com maestria a arte de ensinar.Esse perfil de professor não sabe nem portar-se em sala. Fala baixo; escreve muito no quadro; é desorganizado; não instiga os alunos a participarem das aulas; usa tecnologias, de maneira errada (professor data-show), para passar o tempo de sua aula; não realiza chamada; não registra nos diários de classe os conteúdos ministrados e repete a mesma aula da semana anterior. Ele é o caos... No final do ano ele será dispensado, pois não saiu do padrão acima.

Postagens mais visitadas deste blog

Plano de aulas - Páscoa - Projeto

Projeto: Páscoa.

Complemento..neste link - mais atividades

Duração: 29 de março a 01 de abril.

Justificativa: A Páscoa é uma data religiosa muito importante para nós Cristãos, no entanto, seus símbolos são recheados de significados que encantam e contribuem com a formação até mesmo daqueles que não declaram nenhuma fé. Esta data merece uma atenção especial no calendário letivo, com isso, desenvolvo o Projeto Páscoa visando resgatar valores que estão se perdendo com o tempo em razão dos apelos comerciais, pois a Páscoa é mais do que uma simples troca de chocolates e o carinho é o que vale mais.

Objetivo geral: Transmitir o verdadeiro significado da Páscoa, propagando os valores, as boas ações e as boas maneiras, promovendo reflexões sobre a amizade entre as pessoas e o porquê de partilhar.

Objetivos específicos:
• Conhecer o significado de “Páscoa”;
• Destacar os símbolos da Páscoa e o conceito de cada um;
• Vivenciar, valorizar e respeitar o verdadeiro sentido da Páscoa em…

bordas de natal em preto e branco / coloridas

Cesta de Piquenique

Material:
1,40 m de Tecido xadrez – cor de sua preferência;
1,50 m de Tecido loninha – cru;
Linha de costura;
55x30 cm Papelão
25 cm de velcro
Retalho de tecidos variados;
Fita para amarrar as laterais.


1. Cortar os tecidos (xadrez e cru) do mesmo tamanho - 103 x 78 cm. 2. marque o lugar onde fará a abertura, costure. Vire e costure o velcro.
3. Costure os bolsos e as alças. 4. Costure toda a lateral pelo aveso juntando os tecido cru e xadrez. Desvire pela abertura com velcro. 5. Costure os traçados do meio. 6 Prenda as fitas nos lugares marcados no molde. 7. Coloque o papelão dentro do retângulo do meio. 8. Borde nos bolsos... OBS.: eu aumente mais 24 cm em toda a laterar para que a toalha ficasse maior. Então, quando dobro a cesta viro mais uma vez as laterais. Costurei bolsos por dentro também, assim dá para organizar melhor as coisas (a abertura do bolso tem que ser conturada voltada para dentro, por causa da dobra)