Pular para o conteúdo principal

A influência da Música

Para muitos, a música possui uma série de significados. Serve para descontrair, para expressar sentimentos ou, por que não?, como estímulo para queimar calorias. O que poucos sabem, porém, é que a música tem importante papel na formação da criança. Além de desenvolver a sensibilidade aos sons, trabalha habilidades como concentração, coordenação motora e socialização.
“Aprender a escutar com concentração é uma tarefa difícil. Com a música, bebês e crianças compreendem o momento de falar e de ouvir, o que denota respeito e obediência”, afirma Selma Regina C.G. Petroni, especialista em musicalização infantil e professora do Centro Musical RMF.
Ela acredita que a música ajuda também a ensinar o convívio em sociedade. “Muitas escolas não ensinam música. Na verdade, ensaiam coreografias para a festa junina ou para o dia das mães ou para o Natal. Esse tipo de atividade não abrange possibilidades de desenvolver, por exemplo, a expressão vocal, corporal ou instrumental; ou, ainda, outros aspectos, como pesquisa, criação, escuta, senso crítico, gosto musical, justamente o que trará os benefícios para as crianças”, afirma Selma.
A musicalização é aconselhada por especialistas desde a infância, a partir dos oito meses de vida. Muito cedo? Segundo a especialista do Centro Musical RMF, não é, não. “Em todos os momentos de uma aula de música, há espaço para o exercício sensível e cognitivo. Com um trabalho de sonorização de estórias, invenção de composições, brincadeiras, jogos de improvisação, elaboração de arranjos, audições, cantorias, desenhos de partituras, construção de instrumentos, os bebês percebem e entendem os sons e o silêncio. Em uma aula de improvisação sonora, lidam com situações inusitadas; ou quando tocam em conjunto, entendem que cada um tem a sua vez de participar e ser ouvido”, diz Selma.
No cinema, há inúmeros exemplos de filmes que demonstram o efeito da música no desenvolvimento da criança. Em Música do Coração, por exemplo, Meryl Streep interpreta uma violinista que começa a dar aulas para um grupo de jovens carentes, contribuindo para o resgate da auto-estima e também para o aperfeiçoamento de características como disciplina e comprometimento. História emocionante e bem parecida com a exibida em Mr. Holland - Adorável Professor, filme lançado em 1995 com Richard Dreyfuss no papel principal. Duas boas sugestões para o seu fim de semana.
Bjs,

Postagens mais visitadas deste blog

Plano de aulas - Páscoa - Projeto

Projeto: Páscoa.

Complemento..neste link - mais atividades

Duração: 29 de março a 01 de abril.

Justificativa: A Páscoa é uma data religiosa muito importante para nós Cristãos, no entanto, seus símbolos são recheados de significados que encantam e contribuem com a formação até mesmo daqueles que não declaram nenhuma fé. Esta data merece uma atenção especial no calendário letivo, com isso, desenvolvo o Projeto Páscoa visando resgatar valores que estão se perdendo com o tempo em razão dos apelos comerciais, pois a Páscoa é mais do que uma simples troca de chocolates e o carinho é o que vale mais.

Objetivo geral: Transmitir o verdadeiro significado da Páscoa, propagando os valores, as boas ações e as boas maneiras, promovendo reflexões sobre a amizade entre as pessoas e o porquê de partilhar.

Objetivos específicos:
• Conhecer o significado de “Páscoa”;
• Destacar os símbolos da Páscoa e o conceito de cada um;
• Vivenciar, valorizar e respeitar o verdadeiro sentido da Páscoa em…

bordas de natal em preto e branco / coloridas

Cesta de Piquenique

Material:
1,40 m de Tecido xadrez – cor de sua preferência;
1,50 m de Tecido loninha – cru;
Linha de costura;
55x30 cm Papelão
25 cm de velcro
Retalho de tecidos variados;
Fita para amarrar as laterais.


1. Cortar os tecidos (xadrez e cru) do mesmo tamanho - 103 x 78 cm. 2. marque o lugar onde fará a abertura, costure. Vire e costure o velcro.
3. Costure os bolsos e as alças. 4. Costure toda a lateral pelo aveso juntando os tecido cru e xadrez. Desvire pela abertura com velcro. 5. Costure os traçados do meio. 6 Prenda as fitas nos lugares marcados no molde. 7. Coloque o papelão dentro do retângulo do meio. 8. Borde nos bolsos... OBS.: eu aumente mais 24 cm em toda a laterar para que a toalha ficasse maior. Então, quando dobro a cesta viro mais uma vez as laterais. Costurei bolsos por dentro também, assim dá para organizar melhor as coisas (a abertura do bolso tem que ser conturada voltada para dentro, por causa da dobra)