Pular para o conteúdo principal

guirlanda de sacolas plásticas



Não pisei no shopping ainda, e nem pretendo fazê-lo. O consumismo desenfreado das festas de fim-de-ano pode ser contido, embora pareça paradoxal. Muita gente se sente constrangida a presentear alguém, não porque é natal (presentes não precisam de dia marcado), mas porque a mídia, o comércio, a tradição familiar, a sociedade , etc, “ditam” o comportamento das pessoas nesta época.
Caso presentear seja inevitável, pense ao menos em fazê-lo conscientemente, de forma sustentável, preferindo produtos que não agridam o ambiente e que sejam duráveis e reaproveitáveis.
Chega de lembrancinhas inúteis e enfeites que se transformam em lixo assim que as festas terminam. Substituir o papel de embrulho por caixinhas ou sacolas reaproveitáveis, é uma forma de transformar a embalagem também em um presente.
Que tal pensar em fazer uma boa e reciclada festa de natal? Nada de shoppings: prefira o comércio local e dê preferência ao trabalho de pessoas que fabricam enfeites e lembranças com material reciclado. Economize combustível, tempo, dinheiro e ganhe em tranquilidade e consciência ambiental.
Adquirir estes produtos contribui para diminuir o impacto das embalagens de papel, de vidro e outros materiais. Transformados em lindos e úteis objetos, enfeites confeccionados com garrafas pet e sacolinhas de plástico, como a guirlanda da foto, atinge-se o objetivo de enfeitar e presentear . E ainda se ajuda famílias que tiram desta atividade o seu sustento. Não seria este o espírito do natal?
E quem dotes especiais pode unir criatividade e bom gosto (nos dois sentidos – estético e gastronômico) para fazer uma decoração sustentável: Estas bolas de natal comestíveis, de chocolate, trufadas, são uma ideia genial da querida Luma, que me deixa com água na boca!
Para quem, como eu, não usa árvore de natal, estas bolas trufadas ficariam lindas também, em um arranjo de mesa, no lugar das bolas de vidro coloridas. Uma decoração saborosa e ecologicamente perfeita. Eu não esperaria o fim da festa…
Este anjinho é feito de papel, usando-se a técnica de origami. Gostou? Você pode conferir o passo a passo, aqui, no site Brilliantorigami. Lindo demais! Há outras opções sustentáveis, neste post do Rodrigo Barba com uma bela seleção de ideias para decorar a casa para o natal com produtos ecologicamente corretos ou aproveitando o que você já tem em casa.
Sempre é bom lembrar que o nosso “lixo” não é jogado “fora”: ele permanece “dentro” do planeta. E que, reaproveitar materiais é, acima de tudo, respeito pela vida humana e pelo ambiente. É saber olhar o mundo, tão vazio de esperança, com amor. Este é o verdadeiro espírito de transformação do Natal.

Postagens mais visitadas deste blog

Plano de aulas - Páscoa - Projeto

Projeto: Páscoa.

Complemento..neste link - mais atividades

Duração: 29 de março a 01 de abril.

Justificativa: A Páscoa é uma data religiosa muito importante para nós Cristãos, no entanto, seus símbolos são recheados de significados que encantam e contribuem com a formação até mesmo daqueles que não declaram nenhuma fé. Esta data merece uma atenção especial no calendário letivo, com isso, desenvolvo o Projeto Páscoa visando resgatar valores que estão se perdendo com o tempo em razão dos apelos comerciais, pois a Páscoa é mais do que uma simples troca de chocolates e o carinho é o que vale mais.

Objetivo geral: Transmitir o verdadeiro significado da Páscoa, propagando os valores, as boas ações e as boas maneiras, promovendo reflexões sobre a amizade entre as pessoas e o porquê de partilhar.

Objetivos específicos:
• Conhecer o significado de “Páscoa”;
• Destacar os símbolos da Páscoa e o conceito de cada um;
• Vivenciar, valorizar e respeitar o verdadeiro sentido da Páscoa em…

Cesta de Piquenique

Material:
1,40 m de Tecido xadrez – cor de sua preferência;
1,50 m de Tecido loninha – cru;
Linha de costura;
55x30 cm Papelão
25 cm de velcro
Retalho de tecidos variados;
Fita para amarrar as laterais.


1. Cortar os tecidos (xadrez e cru) do mesmo tamanho - 103 x 78 cm. 2. marque o lugar onde fará a abertura, costure. Vire e costure o velcro.
3. Costure os bolsos e as alças. 4. Costure toda a lateral pelo aveso juntando os tecido cru e xadrez. Desvire pela abertura com velcro. 5. Costure os traçados do meio. 6 Prenda as fitas nos lugares marcados no molde. 7. Coloque o papelão dentro do retângulo do meio. 8. Borde nos bolsos... OBS.: eu aumente mais 24 cm em toda a laterar para que a toalha ficasse maior. Então, quando dobro a cesta viro mais uma vez as laterais. Costurei bolsos por dentro também, assim dá para organizar melhor as coisas (a abertura do bolso tem que ser conturada voltada para dentro, por causa da dobra)

bordas de natal em preto e branco / coloridas