Pular para o conteúdo principal

A ABPp comemora a aprovação do Projeto de Lei 31/2005 da Câmara Municipal de São Paulo


A Associação Brasileira de Psicopedagogia comunica que em 26.03.3013 foi aprovado na Câmara Municipal, o Projeto de Lei de nº 11/2005 de autoria do Vereador Goulart que trata da inclusão do cargo de psicopedagogo em toda a Rede Municipal de Ensino, com o objetivo de diagnosticar e prevenir problemas de aprendizagem em alunos de instituições de Educação Infantil e Ensino Fundamental. O PL segue agora para análise do Executivo e, sendo sancionado, torna-se lei. A ABPp, em nome dos psicopedagogos, agradece o empenho do Vereador Goulart que acreditou na proposta que a ABPp lhe apresentou em 2005 na gestão da então presidente Maria Irene Maluf, colocando-a na forma deste PL, cuja aprovação, com certeza, é mais uma conquista da dedicação e do trabalho que o Conselho Nacional e a Diretoria da ABPp vêm desenvolvendo em prol da Psicopedagogia e especialmente de seus associados. Seguimos confiante na sanção do prefeito Fernando Haddad.
Sobre a Audiência Pública destinada a instruir o Projeto de Lei da Câmara nº 31/2010 que “Dispõe sobre a regulamentação do exercício da atividade de psicopedagogia” que será realizada no próximo dia 03 de abril às 10 horas na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal, solicitamos o apoio de todos os psicopedagogos, bem como de todos que reconhecem a legitimidade e a importância do papel do psicopedagogo para a educação brasileira, assinando o manifesto a favor da Regulamentação aqui, e divulgando através das redes sociais e outros meios de comunicação.
Cordialmente,
Quézia Bombonattoapre
Presidente Nacional
Associação Brasileira de Psicopedagogia